NOTÍCIAS

2018 UN Climate Negotiations COP-24

ISEE Call for Participation at the 2018 UN Climate Negotiations, COP-24

A ISEE antecipa com o Status de observador nas negociações climáticas anuais da UNFCCC, COP-24, em Katowice, Polônia entre 05 e 16 de dezembro de 2018, permitindo-nos credenciar membros para participar da COP. Isso é consistente com a intenção do nosso presidente Clóvis Cavalcanti de que a ISEE se envolva mais em influenciar mudanças de alto nível na direção da sociedade.

Continue a leitura.

http://cop24.gov.pl/

Lançamento do livro, Comércio Ecologicamente Desigual no Século XXI, Beatriz Saes

A Beatriz Saes, pesquisadora do GEMAECO, analisa neste livro as especificidades do comércio ecologicamente desigual no século XXI a partir da observação do metabolismo social do minério de ferro e da inserção brasileira neste mercado.

A autora procura compreender a dinâmica do mercado de minério de ferro no âmbito global e de que modo a assimetria internacional nos fluxos físicos pode ser explicitada pelo comércio ecologicamente desigual ainda que em um contexto de grande fragmentação da produção, de transnacionalização do espaço asiático e da crescente importância das economias emergentes nas relações internacionais.

O estudo também analisa de que modo a própria economia brasileira respondeu a esses determinantes, tanto por meio do Estado como pela iniciativa do próprio setor minerário.

Comércio Ecologicamente Desigual no Século XXI

Páginas: 220

Preço Sugerido: R$ 55,00

Para aquisição clique aqui.

Economia do Meio Ambiente, lançamento da 3ª edição, 2018

O livro “Economia do Meio Ambiente”, de Peter May, é um suporte para compreensão da economia em um contexto ecológico.

A Economia Ecológica se define como um campo de conhecimento transdisciplinar (ou seja, que transcende as fronteiras disciplinares), desenvolvido a partir do reconhecimento de que, de um lado, o sistema socioeconômico baseia-se e depende dos sistemas naturais, e, de outro, interfere e transforma o funcionamento destes últimos. Em vez de colocar o bem-estar do homem no centro das preocupações, a Economia Ecológica preocupa-se igualmente com o fundamento ético das sociedades humanas que menosprezam (em vez de venerarem) os direitos das demais espécies de continuar existindo, tendo promovido ações que levam à extinção acelerada.

O lançamento da 3ª edição de Economia do Meio Ambiente é organizado de Peter May, Doutor em Economia dos Recursos Naturais pela Universidade de Cornell (Reino Unido) e professor do Departamento de Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (DDAS/UFRJ). Neste livro, foi reunida uma ampla gama de autores brasileiros, que apresentaram a ótica das diversas escolas representadas no país, para mostrar a necessária integração entre a ecologia e a economia nos dias de hoje, e a sua superação numa visão transdisciplinar – o cerne da Economia Ecológica. “É um dos poucos se não o único livro focado nas condições do Brasil para disciplinas de graduação e pós-graduação em economia do meio ambiente, representando diferentes correntes de pensamento” conta Peter May. Essa nova edição, consideravelmente ampliada e totalmente atualizada, representa uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO), que busca o desenvolvimento e a disseminação da Economia Ecológica no Brasil.

O livro inclui uma abordagem do tópico central da Economia Ecológica, qual seja a dimensão entrópica do processo econômico, em capítulo esclarecedor escrito por Andrei Cechin. A obra procura desvendar assuntos que dizem respeito à aplicação de metodologias da ciência econômica tradicional a temas que trazem a realidade das imposições, restrições e exigências da dimensão da natureza em tudo o que os seres humanos, e sua atividade econômica, fazem.

“A obra introduz o leitor aos principais temas que servem de foco de pesquisa e assessoria sobre políticas públicas do desenvolvimento sustentável do país, desde a ótica da economia do meio ambiente, incluindo gestão de recursos hídricos, biodiversidade, uso do solo e energia, entre outros” ressalta o economista ecológico.

Preço Sugerido: R$ 138,90

Para aquisição clique aqui.

Llamado a resúmenes para el II Congreso de la Sociedad Andina de Economía Ecológica – SAEE

El tema del II Congreso de la Sociedad Andina de Economía Ecológica 2019 es “Justicia Ambiental y Alternativas al Desarrollo: aportes de la Economía Ecológica y la Ecología Política.

El congreso será realizado en la Pontificia Universidad Católica del Perú (PUCP), entre los días 9 y 11 de abril de 2019, en Lima, Perú.

Ya fue publicado el primer llamado para presentación de resumen extendido.

Líneas temáticas

  1. Justicia ambiental, conflictos y extractivismo
  2. Alternativas al Desarrollo
  3. Macro-economía Ecológica, Comercio Internacional y Deuda Ecológica
  4. Valoración plural, inclusiva e integral de la naturaleza y sus servicios ecosistémicos
  5. Metodologías e Indicadores de Evaluación Biofísicos
  6. Gobernanza Ambiental
  7. Sistemas Rurales Sustentables
  8. Sustentabilidad Urbana
  9. Investigación y enseñanza de la Economía Ecológica y la Ecología Política en la región andina
  10. Género y Ambiente

Más información sobre el envío de resumen, clic aquí.

15th Congress of the International Society for Ecological Economics

Ecological Economics and Socio-ecological Movements:
Science, policy, and challenges to global processes in a troubled world
10-12 September 2018
A bi-lingual conference
Puebla, Mexico

For more information, visit http://15th-isee2018.uam.mx/index.html.